sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Não olhe para trás parte:04


Pedaços de vidro estavam indo na direção deles, quando o um vidro fez um corte no braço de Alan eles perceberam o que estava acontecendo, todos eles começaram a correr, e também algumas pessoas que estavam em volta, alguns dos vidros atingirão as pernas de algumas pessoas, algumas o vidro acertava o olho, a Ana estava curiosa se os vidros ainda estavam vindo, mas ela estava resistindo, e não olhou para trás nenhuma vez, ele entram numa lan-house.

Os dois vão se virando, e virão que os vidros não estavam mais seguindo na direção deles, a Ana saiu do local, o Alan hesitou um pouco, depois foi atrás dela, "temos que encontrar um local seguro" disse o Alan todo preocupado com a situação,"você não entende só basta nós olharmos para trás apenas uma vez, e já vai ser o suficiente" disse a Ana, uma pessoa estava correndo, ele caiu no chão, ele olhou para trás, os olhos deles começou a sangrar.

O Alan e a Ana fecharam os olhos, mas isso não adiantava muito porque ainda conseguia ouvir os gritos dele, eles dois estavam muito apavorados com que estava acontecendo, os dois se viraram e continuaram andando, com um pesar enorme em cada paço,"por que a gente não fez nada" disse Ana, "porque não tinha nada que a gente poder-se fazer, não sabermos uma maneira de deter-lo, e se isso acontece a muito tempo alguém já teria achado até agora" disse Alan.

A Ana fica pensando e muito sobre a situação, "mas se alguém contar sobre isso não é uma coisa que as pessoas vão acreditar, normalmente colaria ele num sanatório" disse a Ana,"existe um outro jeito, de conta uma verdade dessas, mas sem a pessoa dizer que realmente aconteceu" disse o Alan,"como é esse jeito?" disse a Ana,"simples a pessoa faz um livro ou conto revelando tudo isso que esta acontecendo, dai a pessoa que estiver passando por isso sabe que é verdade, e se ele descobre uma nova informação, fica colocando algo, na historia, una dica de como vencer ele, ainda com o mesmo esquema, a pessoa que nunca passou por isso pensa que a historia é de mentira, e dai por diante" disse o Alan.

Os dois começaram a andar, "bem nesse momento só tem uma pessoa que pode nos ajudar, a pessoa que escreveu aquele livro da biblioteca, espero que ele ainda esteja vivo, por que nesse momento, ele é a nossa unica esperança de sair vivos" disse Ana.

Se você não viu a parte anterior clique "aqui":

DIVITAR-SE NOS NOSSOS JOGOS:como o hotel macabro entre no orkut do site: orkut mundo treze   no nosso link do Facebook: carlos geovanni  
quem quiser me contratar como roteirista, faço, langas, medias e curtas-metragens e também quadrinhos me conate neste e-mail carlosgeovanni@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário