quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Não olhe para trás parte:01


Quando o pequeno,o Alan Silva costumava ver uma pequena sombra, estava sempre perseguindo ele, uma vez uma pessoa quase atropelou ele de bicicleta, "sai do meio muleke" falou a pessoa quase empurrando o pequeno Alan do caminho, no dia seguinte o cara da bicicleta aparece mutilado e uma arvore.
Quando a mãe do Alan viu isso ficou completamente apavorada, tapando o rosto de Alan para não ver essa cena horrível, ele tinha ficado feliz por isso ter acontecido, pelo jeito como o cara da bicicleta havia tratado ele antes, "não olhe filho" disse a mãe, ele abraça a mãe escondendo um sorriso.
Ele ver enquanto estava abraçando a mãe uma sombra que estava escondida na arvore, "mãe quem é aquele que está seguindo a gente?" disso o garoto curioso, a mãe imediatamente se vira, e não ver ninguém"não estou vendo ninguém" disse a mãe,"eu vi ele quando eu estava em casa" disse o garoto, a mãe pensou que se tratava de um caso de amigo imaginário.
Em casa ele ficava olhando pela janela"pare com de fica olhando o lado de fora se você quiser sair pode sair" disse a mãe,"estou com medo, tem alguma coisa lá fora" disse o garotinho, a mãe discutiu com ele dizendo que não tinha nada lá fora, o Alan estava andando o carteiro esbarrou sem querer nele" me desculpe garoto" disse o carteiro, Alan aceitou as desculpas.
No dia seguinte quando o Alan estava voltando da escola ele ver o carteiro dividido no meio, isto apavorou ele e muito, vomitou no chão, ficou olhando em volta para ver se via a criatura"POR QUE ELE" gritou o garoto, ele estava em lágrimas, ele foi correndo aos prantos para a casa, e ficou chorando, a mãe perguntou o que aconteceu, o garoto falou o que tinha visto.
Ele mal teve coragem de sair de casa depois, em quanto ele ia crescendo de vez em quando isso acontecia de alguém parecer morto, até que ele chega aos 18 anos, ele via uma garoto de cabelos loiros e olhos azuis, andava reto, ela não olhava para os lados, quando olhava para alguém girava o corpo, ele já tinha visto ela antes mas só agora ela estava fazendo isso.
Ele curioso pergunta para ela"por que você esta agindo assim, toda reta" disse ele,"vai parecer loucura, que vou falar, mas quando criança sempre notei uma sombra perseguindo, uma sombra completamente assustadora"ela nota que quando fala da sombra, os olhos de Alan regala, "você também ver a sombra sinistra" disse a garota,"eu pensei que eu erá o único" disse o Alan.
Ela bota a mão no ombro dele e diz"eu me encontrei com um outro garoto que também via a sombra, ele erá de um grupo que também via a sombra, ele me disse uma coisa muito importante, ele me disse para nós nunca olharmos para trás, por que no momento que fazermos isso essa sombra vai e nos marta" disse a garota, "isso é impossível, nós temos que olhar para trás uma vez na vida" disse o garoto,"é por isso que nenhum escolhido, sobreviveu até hoje" disse a garota.
Ele fica confuso e diz"quantos escolhidos são no total?"disse o Alan,"é isso que estou querendo saber, o garoto me disse onde eu posso achar informações sobre ele" disse a garota,"onde está ele para nos ajudar nisso?" questionou ele,"ontem ele vacilou e olhou para trás eu vi a sombra pegar ele, e matar ele, ainda estou muito apavorada com tudo isso.
Ela abraça ele chorando"tudo vai fica bem" disse ele tentando acalmar ela,"vamos" disse a garota,"me desculpe mas qual é o seu nome?" disse o Alan,"meu nome é Ana Teixeira" disse ela, ele disse o nome dele, os dois estavam andando em direção a escola, o Alan estava aterrorizado ficava na duvida, será que a sombra está atrás deles.

continua....


DIVITAR-SE NOS NOSSOS JOGOS:como o a pirâmide maldita entre no orkut do site: orkut mundo treze   no nosso link do Facebook: carlos geovanni   quem quiser me contratar como roteirista, faço, langas, medias e curtas-metragens e também quadrinhos.
Mande suas críticas, elogios, sugestões para carlosgeovanni@gmail.com
quem quiser me contratar como roteirista, faço, langas, medias e curtas-metragens e também quadrinhos.
Mande suas críticas, elogios, sugestões para carlosgeovanni@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário